fbpx

O parque logístico MERLIN Lisboa Park atingiu a plena ocupação do seu primeiro armazém logístico, com a incorporação das empresas de logística e transporte Rangel, Olicargo e DB Schenker. O parque logístico, que abriu em maio deste ano, torna-se o maior em Portugal, diz a Merlin Properties, responsável pelo projeto.

Merlin Lisboa Park

O parque foi concebido de acordo com elevados padrões de qualidade para satisfazer as exigências dos grandes operadores logísticos internacionais. Com uma A.B.L. de 45.171 m2, está dividido em seis módulos, três dos quais foram tomados pela Rangel, dois pela Olicargo e um pela DB Schenker. Todas têm grandes vias de acesso, uma altura de 14,7m, um grande número de cais de cargas e descargas (1 por 500 m2), uma estrutura e recinto em betão armado, iluminação LED, grandes áreas de manobra e numerosos parques de estacionamento. Além disso, a qualidade da construção é energeticamente eficiente e em breve terá uma instalação fotovoltaica para autoconsumo.  

João Cristina, responsável da MERLIN Properties em Portugal, explica que "com a assinatura destes contratos continuamos a expandir a nossa presença logística na Península Ibérica e a reforçar a posição da empresa como maior fornecedor deste tipo de espaço e como referência logística em Portugal". A MERLIN propõem-se agora avançar para o desenvolvimento de um segundo armazém logístico no Lisboa Park com uma A.B.L. de 34.000 m2

O MERLIN Lisboa Park está localizado na principal área logística de Lisboa, em Castanheira do Ribatejo (eixo Alverca-Azambuja), e tem ligações diretas à A1, à A10 e à A9. Está também localizado a 30 quilómetros do centro de Lisboa e tem uma estação ferroviária, tanto para passageiros como para carga, à entrada do parque, com ligação direta à capital. Por todas estas razões, é uma zona que tem despertado o interesse dos operadores logísticos desde o início.